quinta-feira, 18 de junho de 2009

Tentações


Levantei-me cedo e cedo fiz aquilo que temia me levasse o dia todo. Depois, o cheiro do café acabado de fazer a encher o ar da cozinha, Amy no ipod mais o seu Frank e o ar fresco da manhã subindo do rio.
Ontem carreguei tudo para casa, faculdade para trás das costas por um dia e uma lista de tarefas razoavelmente ambiciosa a cumprir. Como prémio pelo bom começo do dia espreito as gordas do Público online e demoro-me no P2, levada pela curiosidade que a palavra tentação sempre desperta em mim. Fui ver a que não resistem os nossos chefs, o que lhes desperta a gula, e descubro que o chocolate, as bifanas e o queijo estão no topo do que os tira do sério.
Para mim mandava mandava vir queijo, tinto e um par de olhos, deliciosamente combinados. Ou só os dois últimos, ou só mesmo os últimos, que cumprissem a difícil tarefa de se encontrarem a valer com os que estão aí acima e me colocassem no sério.

2 comentários:

Alexandra Brandão disse...

Desde o Barómetro já lá vão cinco. Rendimento e produtividade ao máximo. Com Arte. E eu sem tempo para comentar e aqui uma colega a picar-me, porque quer o computador... Deixa: vou a saborear as imagens que criaste. E digeri-las em conjunto com a salada do almoço ;)

PS: tenho de digitar a verificação de palavras... mesmo a propósito - "grate"...

Mutante disse...

Gratetude, gratedão, grataatudo. Grata, mil vezes. Pela Vida, seja ela como for.